MULHER & SONHO

MULHER  & SONHO
SER MULHER ...SEMPRE!

terça-feira, 31 de julho de 2007

DECIFRA-ME...



Não venha me falar de razão, Não me cobre lógica, Não me peça coerência, Eu sou pura emoção. Tenho razões e motivações próprias, Sou movido por paixão, Essa é minha religião e minha ciência.
Não meça meus sentimentos, Nem tente compará-los a nada, Deles sei eu, Eu e meus fantasmas, Eu e meus medos, Eu e minha alma. Sua incerteza me fere, Mas não me mata. Suas dúvidas me açoitam, Mas não deixam cicatrizes.
Não me fale de nuvens, Eu sou Sol e Lua, Não conte as poças, Eu sou mar, Profundo, intenso, passional. Não exija prazos e datas, Eu sou eterno e atemporal.
Não imponha condições, Eu sou absolutamente incondicional. Não espere explicações, Não as tenho, apenas aconteço, Sem hora, local ou ordem. Vivo em cada molécula, Sou o todo e sou uno, Você não me vê, Mas me sente.
Estou tanto na sua solidão, Quanto no meu sorriso. Vive-se por mim, Morre-se por mim, Sobrevive-se sem mim. Eu sou começo e fim, E todo o meio.
Sou seu objetivo, Sua razão que a razão Ignora e desconhece. Tenho milhões de definições, Todas certas, Todas imperfeitas, Todas lógicas apenas Em motivações pessoais, Todas corretas, Todas erradas.
Sou tudo, Sem mim, tudo é nada. Sou amanhecer, Sou Fênix, Renasço das cinzas, Sei quando tenho que morrer, Sei que sempre irei renascer. Mudo protagonista, Nunca a história.
Mudo de cenário, Mas não de roteiro. Sou música, Ecôo, reverbero, sacudo. Sou fogo, Queimo, destruo, incinero. Sou água, Afogo, inundo, invado. Sou tempo, Sem medidas, sem marcações. Sou clima, Proporcional a minha fase. Sou vento, Arrasto, balanço, carrego. Sou furacão, Destruo, devasto, arraso. Mas sou tijolo, Construo, recomeço... Sou cada estação,
No seu apogeu e glória. Sou seu problema E sua solução. Sou seu veneno E seu antídoto Sou sua memória E seu esquecimento. Eu sou seu reino, seu altar E seu trono.
Sou sua prisão, Sou seu abandono e Sou sua liberdade. Sua luz, Sua escuridão E seu desejo de ambas, Velo seu sono... Poderia continuar me descrevendo Mas já te dei uma idéia do que sou. Muito prazer, tenho vários nomes, Mas aqui, na sua terra, Chamam-me de AMOR.
(desconheço o autor)

MULHER NÃO NASCE,ESTRÉIA!


Estréia na vida, no trabalho;Estréia na escola, que seja da vida;Mas estréia.Estréia na faculdade, no teatro,Que seja o da vida, mas estréia. E de estréia em estréia, vai ficando aos poucosMulher dos acontecimentos, do dia a dia. Estréia no Amor; nas Emoções; e nos sentimentos.Estréia também nas decepções dos relacionamentos;Reais ou virtuais, não importa;Amorosos ou não, mas estréia. Estréia na escolha dos parceiros queAlgumas vezes podem decepcioná-la, mas estréia.Estréia na maternidade, onde certamenteSe dá o mais lindo fenômeno da vida:O Nascimento !O choro, o primeiro de muitosQue certamente virão. A mulher é completa; nos sentimentos,Nos gestos, nas emoções;E na maioria de suas ações.Seja pessoal, ou profissional,Ela conquista o direito da luta sem par.E ganhando em sua vivência,Estréia na maior de suas experiênciasO direito de se ver e se sentir mulher. Mulher se não nasce, também não morre,Muda de dimensão; deixa o carinho, a saudade,A lembrança enfim.Uma prova viva da sua estréia.

PEQUENOS GESTOS


É curioso observar como a vida nos oferece resposta aos mais variados questionamentos do cotidiano...
Vejamos:
A mais longa caminhada só é possível passo a passo...O mais belo livro do mundo foi escrito letra por letra...Os milênios se sucedem, segundo a segundo...As mais violentas cachoeiras se formam de pequenas fontes...A imponência do pinheiro e a beleza do ipê,Começaram ambas na simplicidade das sementes...Não fosse a gota não haveria chuvas...O mais singelo ninho se fez de pequenos gravetos...E a mais bela construção não se teria efetuadoSenão a partir do primeiro tijolo...As imensas dunas se compõem de minúsculos grãos de areia...Como já refere o adágio popular,Nos menores frascos se guardam as melhores fragrâncias...É quase incrível imaginar que apenas sete notas musicaisTenham dado vida à "Ave Maria", de Bach, e à "Aleluia", de Hendel...O brilhantismo de Einstein e a ternura de Tereza de Calcutá Tiveram que estagiar no período fetal...Nem mesmo Jesus, expressão maior de Amor, Dispensou a fragilidade do berço...
... Assim também, o mundo de paz, de harmonia e de amor com que tanto sonhamos só será construído a partir de Pequenos Gestos de compreensão, solidariedade,respeito, ternura, fraternidade, benevolência, indulgência e perdão, dia a dia...
Ninguém pode mudar o mundo...Mas podemos mudar uma pequena parcela dele...Esta parcela nós chamamos de "Eu". Não é fácil nem rápido...Mas vale a pena tentar!
Vamos lá, não percamos a oportunidade...
Fábio Azamor

Procure fazer as pequenas coisas de maneira extraordinária

  • Sarah Brightman-Live from Las Vegas
  • DVD-YANNI TRIBUTE
  • Quem mexeu no meu queijo...
  • Obras de Joanna de Ângelis
  • O que podemosaprender com os Gansos.
  • Onde Existe Luz( Paramahansa Yogananda)
  • Você faz a diferença(Como sua atitude pode revolucionar sua vida)
  • Livros de Auto -ajuda
  • O monge e o Executivo
  • Livros Espíritas

VOCÊ ME VISITOU QUE BOM"

  • Q (1)

UMA VIAJANTE ATRAVÉS DO TEMPO...

Minha foto

Falar de mim...sou uma pessoa legal.amiga,amada,amando muito...uma esposa dedicada.Sou espírita...feliz.

Frase que eu gosto:"QUANDO NÃO SE SABE AONDE QUER IR ,TODOS OS CAMINHOS LEVAM A LUGAR NENHUM..."

EU ESTAVA LHE ESPERANDO... PODE ENTRAR!

"Na vida só há um modo de ser feliz. Viver para os outros."Léon Tolstoi

O Caminhante...

HARMONIA

HARMONIA
SEM PALAVRAS...UM MOMENTO